Contos

Brinquedos de Cthulhu

(1 voto, média de 5.00 em 5)

 

Muito tempo se passou antes que ele começasse a entender o que acontecia naquele ambiente de pesadelos no qual se encontrava agora. A escuridão era absoluta; o silêncio, ensurdecedor! Mal era capaz de ouvir sua própria respiração.

Leia mais...

A Destilação Absurda

(2 votos, média de 5.00 em 5)

Tal como todas as manhãs, Filipe Freire saiu cedo de casa, ainda o sol não raiava sobre Urbania. Debaixo de um dos braços, um banco dobrado, do outro, o farnel. Havia-se despedido da esposa com um beijo na testa e dos filhos a dormir com um olhar terno, para agora dar os bons dias à luz que penetrava entre os prédios.

Leia mais...

Complexo de Arquimedes

Complexo de Arquimedes

Um homem estava parado diante de um cruzamento. Observava atentamente cada passo, movimento e decisões tomadas por instinto ou através de escolhas.Aquele era um dia especial. Parou para apreciar o momento tão distinto que se expandia diante de seus olhos. Nunca, em sua vida, havia presenciado tal evento. Aquilo mudaria tudo... Para sempre.

 

Leia mais...

Um certo Papai Noel

(2 votos, média de 5.00 em 5)

Havia uma lenda na minha cidade natal que dizia que Papai Noel era uma figura inventada para substituir a figura do famoso bicho-papão. Pelo menos na minha cidade, a lenda dizia que o bicho-papão não saia de dentro do armário; ao invés disso, aparecia na noite de natal para levar as crianças em seu imenso saco vermelho.

Leia mais...

Portões - Sofia Geboorte

(4 votos, média de 3.75 em 5)

Eles não entrariam, ele sabia que ninguém além de Lorena entraria na casa. Mas escondido ali, ele já não era mais um homem, desde que se deixou dominar por sua ignorância, desde o dia em que os militares invadiram aquela pequena igreja acusando o pastor, brasileiro, de esconder os colonos alemães e italianos, ele descobriu que não eram colonos que o governo procurava.

Leia mais...

Você está aqui: Contos