Contos

Tudo que você sempre quis saber sobre amizades, mas tinha medo de perguntar

Jorge bocejou de satisfação e felicidade quando, após duas semanas sem sonos nem sonhos, Lorde Morpheus bateu à porta de sua impaciente paciência e mandou sua insônia para um merecido beleléu: “Be-le-léu.”, refletiu sonolento.

Leia mais...

Devaneios de uma alma abduzida

(1 voto, média de 5.00 em 5)

Ambiente sombrio, gélido. Vozes distantes, confusas. Luzes ofuscantes, fortes. Tudo num clima de mistério. Corpo e mente perdidos. À frente, a imagem de um ser estranho. Rosto esquisito, fechado. Falava com o olhar. Seus pés não tocavam o solo. Senti medo.

Leia mais...

A Síndrome

(2 votos, média de 3.00 em 5)

A Síndrome

O atrevimento de escrever estas linhas tem supedâneo no arrependimento que insiste em me chatear e na necedade tão característica em minha personalidade. Falando assim de chofre, o leitor não acreditará. Porém, não disponho de muito tempo. Devo amealhar as horas que me restam.

 

Leia mais...

Um Causo ao Redor da Fogueira - Flávio de Souza

(3 votos, média de 5.00 em 5)

 

O luar incidia discretamente sobre o grupo ao redor da fogueira. Liderando a reunião, a velha, de rosto tão sulcado quanto o solo arenoso do agreste, pitava o canudo amadeirado de um rústico cachimbo.

Leia mais...

Profundezas do Desconhecido

(2 votos, média de 4.50 em 5)


Ossos cruzados. Uma imagem aterradora. Poucos viram um novo nascer do sol após um encontro com as criaturas mais abomináveis e temidas dos mares. Ele não era um soldado, não sabia manejar uma arma, era um mero servente. Sua função era ajudar nas tarefas diárias da nave inglesa, um mercante de velas redondas, que embora de grandes dimensões e moderno, era lento e extremamente vulnerável, sobretudo nas águas quentes e nocivas daquela parte do Atlântico.

Leia mais...

Você está aqui: Contos