Sobre o que estávamos falando mesmo?

(3 votos, média de 5.00 em 5)

 

    O relógio antigo marcou meio-dia. Suas badaladas foram ouvidas através da sala de experimentos científicos. Fato insignificante que, por algum motivo obscuro, chamou sua atenção.

— Dizem que os buracos negros são portais para outras dimensões e podem até bagunçar o contínuo espaço e tempo.

— Uma máquina do tempo? Pena que ninguém consegue provar essa teoria.

— E quem disse que não podemos provar? Talvez já tenhamos provado e nem saibamos.

— Seria possível?

— Claro. Se alterássemos o passado, seria criada uma nova linha temporal. Essa nossa conversa futura poderia não acontecer e não lembraríamos absolutamente nada. A história sempre dá um jeito de se corrigir. O que me leva a crer que já a provamos, de alguma forma. 

O relógio antigo marcou meio-dia. Suas badaladas foram ouvidas através da sala de experimentos científicos. Fato insignificante que, por algum motivo obscuro, chamou sua atenção.

 — Sobre o que estávamos falando mesmo?

— Dizem que os buracos negros são portais para outras dimensões e podem até bagunçar o contínuo espaço e tempo...

 

Comentários   

#4 Luciano Nascimento » 04-11-2013 03:19

O jogo com a percepção foi ótimo! Parabéns!!!
+1 +−

Luciano Nascimento

#3 Olavo Berquó » 21-10-2013 17:29

Muito divertido.
Grande abraço,Brian.

Divertido, Berquó?! Eu achei apavorante. Isso não é ficção, é terror!
Com uma nova linha temporal, nossa percepção do tempo e da matéria plasmada ao nosso redor pode tranquilamente ser alterada sem que nos demos conta de que...
Divertido, Berquó?! Nossa percepção do tempo pode..

Tens razão... Paradoxos temporais podem, sim, ser um terror...
E bizarros.

Grande abraço, Déia

Muito divertido.
Grande abraço,Brian.
+1 +−

Olavo Berquó

#2 Déia Tuam » 19-10-2013 09:02

Divertido, Berquó?! Eu achei apavorante. Isso não é ficção, é terror!
Com uma nova linha temporal, nossa percepção do tempo e da matéria plasmada ao nosso redor pode tranquilamente ser alterada sem que nos demos conta de que...
Divertido, Berquó?! Nossa percepção do tempo pode...
+1 +−

Déia Tuam

#1 Olavo Berquó » 18-10-2013 15:23

Muito divertido.
Grande abraço,Brian.
+1 +−

Olavo Berquó

Você está aqui: Contos Ficção Científica Sobre o que estávamos falando mesmo?