The Evil Dead - A Morte do Demônio

(2 votos, média de 5.00 em 5)

Perfumes e músicas marcam momentos de nossas vidas, e basta sentirmos um leve cheiro ou escutarmos um trecho musical para evocar uma série de recordações. Mas não podemos nos esquecer dos filmes. Tanto quanto outros elementos, definem sobremaneira nossa passagem no tempo. E o que dizer dos filmes de Terror?

Lembro-me que éramos ainda pequenos adolescentes com espinhas na testa quando assistíamos filmes de toda espécie reunidos na casa uns dos outros, até porque minha cidade estava sem cinema na época. E um dos filmes que mais marcaram minha vida e que me mete medo até hoje é justamente Evil Dead, ou, A Morte do Demônio.

Na película, cinco jovens vão passar um fim de semana (isso virou referência para diversos filmes, como a série Pânico, Eu sei o que vocês fizeram no Verão passado, dentre outros) em uma cabana isolada na floresta e acabam encontrando sob o piso de madeira o Necronomicon Ex Mortis, o Livro dos Mortos , encadernado em pele humana e escrito em sangue. Logo após encontram um gravador com um cassete gravado com a tradução de algumas passagens do livro, que ao ser reproduzido , invoca espíritos que começam a possuir os jovens um por um, até que o protagonista e único sobrevivente Ash (Bruce Campbell) acaba com eles.

O filme tornou-se um clássico pela trilha sonora, pelas cenas violentas – vide a cena da árvore possuída estuprando a garota – pela boa maquiagem e efeitos, e o ar sombrio que o diretor Sam Raimi – sim, ele mesmo, de Homem Aranha – conseguiu impor na época, em que não havia tantos recursos como hoje. Em alguns países, o filme chegou a ser até proibido, o que não impediu que o filme circulasse pelo mercado negro.

Evil Dead é celebre também por marcar a estréia de Bruce Campbell (escalado pelo próprio Sam Raimi, recém-saído da faculdade, de onde, aliás, os dois se conheciam), que protagonizou os três filmes da série (os dois seguintes se tornaram uma espécie de ”terrir”). Para quem não conhece o cara, ele está presente como ponta nos três filmes do Homem Aranha: no primeiro filme, ele é o cara que dá o nome do Homem-Aranha (que seria Aranha Humana); no segundo, ele foi o porteiro do teatro; e no terceiro, um garçom que tenta ajudá-lo a fazer o pedido de casamento para a Mary Jane.

Segundo informações do site da revista Variety de julho deste ano, o filme terá um remake, com produção de Sam Raimi, Rob Tapert e Bruce Campbell. O roteiro está sendo feito por Diablo Cody, de Juno, que garante que o trabalho será altamente violento.

Enfim, o filme é um clássico para quem gosta de terror, uma leitura obrigatória. Foi e é influência para muitos cineastas e escritores de terror. Além disso, foi por causa dele que caminhei por anos na escuridão cantando para espantar o medo...

Quer saber mais?

http://thecinefileblog.blogspot.com/2011/09/sessao-revival-evil-dead-1981.html

http://omelete.uol.com.br/cinema/evil-dead-diablo-cody-fala-sobre-o-roteiro-da-refilmagem/

http://pipocamoderna.com.br/diablo-cody-diz-que-remake-de-the-evil-dead-sera-ultraviolento/

The Evil Dead - A Morte do Demônio (EUA)

Diretor: Sam Raimi

Elenco: Bruce Campbell, Ellen Sandweiss, Hal Delrich, Betsy Baker, Sarah York, Philip A. Gillis, Dorothy Tapert, Cheryl Guttridge, Barbara Carey, David Horton, Wendall Thomas, Don Long, Stu Smith, Kurt Rauf, Ted Raimi, Ivan Raimi, Bill Vincent, Mary Beth Tapert, Scott Spiegel, John Cameron, Joanne Kruse, Gwen Cochanski, Debie Jarczewski, Sam Raimi, Robert G. Tapert.

Produção: Bruce Campbell

Roteiro: Sam Raimi

Fotografia: Tim Philo

Trilha Sonora: Joseph LoDuca

Duração: 85 min, colorido

Ano: 1982

Comentários   

#4 paulo » 13-12-2011 03:30

Filmes de terror dos anos 80 não tem pra mais ninguem, sou da geração que assistiu esses filmes no cinema, ou numa fita VHS da locadora, ou no supercine da globo inédito! Rock, figurinos da època, pouca grana, criatividade= receita do sucesso dos filmes de terror dos 80s. E esse EVIL DEAD é um dos meus preferidos, claro, sinta muito medo e divirta-se!
0 +−

paulo

#3 George dos Santos Pacheco » 24-11-2011 08:16

Obrigado amigos pelos comentários! Sim, é verdade, o filme assusta pra caramba, ao contrário de muitos que se veem hoje em dia, acho que foi isso que me impressionou nele. Como bem lembrado, aquelas tiradas de câmera que indicavam a visão do demônio percorrendo a floresta era incrível. Espero que o remake faça jus, afinal, Bruce, Sam Raimi e Diablo Cody são um trio exemplar. A não ser que eles se rendam ao mercado e façam mais um produto que se vende, aí vai sair mais uma historieta pueril.
Mais uma vez, obrigado pelos comentários, enriqueceram em muito a resenha. Até mais!
0 +−

George dos Santos Pacheco

#2 Afonso Pereira » 23-11-2011 03:23

Evil dead foi realmente um filme marcante para mim também! Com pouco dinheiro, um punhado de amigos, um inventivo e inédito sistema de câmara alucinada, Sam Raimi fez história. Para quem está acostumado a conhecer os trabalhos deste diretor na primeira divisão do cinema americano ( homem Aranha, por exemplo) jamais reconheceria o estilo arrojado, escatológico, um tanto amador e alucinado do primeiro filme do cara.

Sim, o filme é trash até a medula, mas é um trash diferenciado, uma obra singular pelas circuntâncias em que foi realizado. Sou fã dele.

É um filme indigesto pra quem tem estômago fraco, pois com um enredo que se resume apenas a possessão de jovens se esquatejando uns aos outros dentro de uma casa abandonada parece algo difícil de engolir, mas não é não. Pra quem gosta de sentir um friozinho na espinha este filme é uma boa pedida. Quando você vê a câmara, como se fosse a visão em primeira pessoa do demônio, começar a ganhar velocidade no meio da floresta na direção da casa, já se sabe que um deles será possuído, mas quem?

Este filme é trash, é cult, é amador, tem fãs que o defendem com unhas e dentes de modo até passional, mas é bom naquilo que se propõe: assustar!

Agora, não confunda com o remake feito em 1987 intitulado "Uma noite alucinante 2" que o Raimi acabou optando por uma versão também escatológica, com os mesmos voo de câmaras alucinados, mas sem o horror impactante do primeiro, neste ele preferiu contemplar o humor negro.

Portanto, prefira o original de 1981, aquele que foi proibido em vários paises do mundo, na alemanha foram 10 anos de resistência. O original é bem melhor e mete medo de verdade.
+1 +−

Afonso Pereira

#1 Thasyel Fall » 23-11-2011 01:46

Oh... eu lembro de assistir esse filme sozinha quando era criança (eu sempre assistia aos filmes de terror sozinha)... eh um filme incrivel e super louco... bem, Sam Raimi é super louco.... kkkkkkk... ouvir a palavra remake sempre assusta, pq as vezes estragam os filmes, mas já que Cody assumiu o roteiro as coisas mudam de figura, agora mal posso esperar para ver.... hehehehe.... otima resenha.... :lol: :lol:
+2 +−

Thasyel Fall

Você está aqui: Resenhas Filmes The Evil Dead - A Morte do Demônio