Livros

Resenhas: O Homem do Castelo Alto – Philip K. Dick

(1 voto, média de 5.00 em 5)

 Livro clássico do autor, escrito originalmente em 1962 e publicado no Brasil pela primeira vez em 1971. O período em que foi escrito se constituiu em um dos mais conturbados da história da humanidade principalmente nos aspectos políticos, sociais e econômicos, além do fato de que o país de origem do autor se encontrava em guerra e passava por momentos históricos conturbados. 

Leia mais...

Vem aí : Herói

(2 votos, média de 5.00 em 5)

Herói’ é o romance de estréia do jovem escritor mineiro Emerson Dantas e Pimenta. A história foca-se em Eric, um adolescente comum, filho do meio de uma família tradicional, daqueles que fala pouco, mas pensa muito. Estudou sempre no mesmo colégio, e teve os mesmos amigos a vida inteira. Entre eles está Mariana, uma garota rebelde e encantadora que desperta em Eric um sentimento mais forte que amizade, mas que ele guarda a sete chaves.

 

Leia mais...

2ª Resenha de "A Passagem", livro de Justin Cronin

(2 votos, média de 5.00 em 5)

Justin Cronin criou uma ambientação pós-apocalíptica muito interessante, a começar pelos vampiros que infestam o cenário desolador de destruição de todo o planeta. Vampiros que, longe de serem as criaturas  articuladas e inteligentes que estamos acostumados a ver nos livros e filmes atuais, são híbridos dos três ícones mais preciosos do gênero Terror.

Leia mais...

Resenha de livro: Homunculus – James P. Blaylock (1986)

(3 votos, média de 4.67 em 5)

Londres – Segunda metade do século XIX. Um misterioso dirigível pilotado por um esqueleto atado à direção,desperta a atenção do excêntrico inventor Langdon St. Ives e do fanático religioso Shiloh, cuja ligação com o vivisseccionista Ignacio Narbondo sugere experimentos ligados à reanimação de mortos assim como uma misteriosa caixa e a procura por umlendário homúnculo.

 

Leia mais...

Resenha: Deixa ela entrar

(1 voto, média de 5.00 em 5)

Oskar é apenas um garoto de doze anos, filho de pais separados, que pratica pequenos furtos e  que caminha para uma adolescência solitária e  vazia. Vazia e sem sentido. Sempre atormentado, sempre inseguro, Oskar guarda alguns  grandes segredos. Oskar, o garoto amedrontado, o menino acuado,  tem um álbum secreto, no qual coleciona recortes de notícias sobre serial killers. 

Leia mais...

Mortos entre os vivos

(2 votos, média de 5.00 em 5)

     

  Na capa de “Mortos entre vivos” lê-se uma citação do jornal britânico  Independent: “Lembra Stephen King na melhor forma”.

 

 

Leia mais...

Clarke

(2 votos, média de 5.00 em 5)

Em seu desenvolver vai alternando a história do ponto de vista de cada um dos personagens, permitindo uma melhor fluidez da leitura, além de aguçar a curiosidade de quem acompanha os fatos. A remição a informações da cultura geeknerd, e F.C em geral é outro ponto interessante desta obra que enche os olhos desde a bela capa, até o seu formidável desfecho.

Leia mais...

Crônicas dos Senhores de Castelo

(1 voto, média de 5.00 em 5)

“A principio o seqüestro de uma princesa e um pai desesperado que recorre a dois guerreiros para procurarem e trazê-la de volta, depois uma briga de bar.

Kullat e Thagir, Senhores de Castelo, foram solicitados pelo Rei de Algas’B para trazer sua belíssima filha de volta aos braços de seu reino.

Leia mais...

Resenha: A Morte da Luz, de George R. R. Martin

(3 votos, média de 4.00 em 5)

O começo morno da história é ofuscado pela complexidade do universo futurista criado por George R. R. Martin, onde não existem alienígenas, mas sim raças humanas evoluídas de maneira diferente em cada parte da galáxia.

 

Leia mais...

Resenha de livro: The White Hands and Other Weird Tales - Mark Samuels

(4 votos, média de 5.00 em 5)

Fazer um levantamento e garimpagem, na história do fantástico literário (gótico, horror, weird fiction etc.), de autores importantes e/ou representativos – sejam eles ‘criaturas de gênero’ ou ‘outsiders’ vindos das previsíveis, porém seguras águas do mainstream literário, pode ser uma tarefa árdua e ingrata.

Leia mais...

Apenas uma Taça – um brinde ao mestre Stoker – Georgette Silen

(1 voto, média de 5.00 em 5)

Em Apenas Uma Taça – Um brinde ao mestre Stoker, o inegável fascínio que os vampiros exercem aos amantes das criaturas sombrias é explorado de formas diversas: ferozes, sedutores, belos, mórbidos, cruéis, melancólicos, horrendos... simplesmente vampiros.

 

Leia mais...

Você está aqui: Resenhas Livros